quarta-feira, 7 de julho de 2010

Dangerous Muse


Hoje meu deu vontade de falar sobre música. Quero unir aqui neste meu mundo as duas coisas que mais me divertem e inspiram: Cinema, música e pessoas. Não poderia começar esta nova fase do blog sem falar da minha banda favorita: Dangerous Muse.

Conheci o trabalho deles há uns dois anos atrás enquanto procurava novidades pela internet. Eu sempre me canso do comodismo que existe na indústria fonográfica. Alguém aparece com um sopro de originalidade e logo atrás surgem dezenas de imitações e "homenagens".

Dangerous Muse é diferente!
Mike Furey (cantor e compositor formado em piano) e Tom Napack (musico programador) se conheceram ainda na faculdade e logo começaram a compor. O primeiro trabalho deles foi a musica "The Rejection", lançada na internet num EP (tipo de CD com menos musicas que o normal). A musica foi parar na 2ª posição de vendas da loja virtual Itunes e logo chamou a atenção do famoso empresário Seymour Stein, um dos chefões da Warner Bros Records e co-fundador do selo Sire Records, e isto terminou facilitando a assinatura
de um contrato com um selo digital da Warner Music Group. Seguido pelo sucesso do segundo single, a musica "Give Me Danger", a dupla começou a chamar a atenção da mídia.
Atualmente eles estão trabalhando na finalização de seu primeiro álbum, que já tem um single lançado chamado "I Want It All", junto com o videoclipe. Assim como suas outras composições a musica tem uma forte pegada electro/pop. Duas coisas me chamam atenção no Dangerous Muse, primeiro é a liberdade de expressão que eles se permitem. Tanto nas letras de suas musicas, quanto seus figurinos e a maneira que se relacionam com a industria e fãs. Mesmo com toda a expectativa ao redor do lançamento do primeiro álbum (que deve acontecer ainda este ano), eles priorizam fazer pequenas apresentações em clubs undergrounds (inclusive se apresentaram no club Glória aqui em São Paulo) e dão total atenção aos fãs. E esta com certeza é a segunda coisa que me chamou atenção neles. Não gosto de excessos e da maneira louca que as pessoas se relacionam com seus "idolos". Madonna, Lady Gaga, Dangerous Muse ou qualquer outro artista são seres humanos, pessoas como eu e você, de carne e osso, rodeadas das mesmas sensações e sentimentos que temos, e cheia de sonhos e desejos. O que os difere da grande maioria das pessoas é que eles criaram coragem para questionar a maneira que a sociedade se comporta. Não exatamente contra, mas de alguma maneira a arte destas pessoas estão em buscar outras possibilidades de nos relacionarmos com o mundo externo e com o nosso interno. Obvio que a mídia cria toda uma afetação a respeito destas pessoas, até porque a industria se movimenta pelo dinheiro e coisas são criadas a respeito delas. Mas se prestarmos atenção, por trás de todas as fofocas e asneiras criadas, existe alguém que não estava satisfeito com a ditatura imposta pela nossa sociedade, os conceitos e pré conceitos que tanto nos machucam e nos põe para baixo.
Fiquei muito feliz quando o Mike Furey respondeu o e-mail que lhes enviei sobre o quanto admirava o trabalho deles. A partir disso começamos a trocar "idéias" sobre o quanto a arte pode, além de entreter, ajudar as pessoas a abrir suas mentes. Dangerous Muse mostrou muito interesse a respeito do trabalho que faço com cinema e mais do que isso, nos dá grande apoio. 
Demostrações de carinho, atenção e respeito me inspiram mais e mais a continuar me melhorando e assim melhorando o mundo ao meu redor. Desejo todo o sucesso do mundo para eles, pelo simples fato de que são dois caras legais, talentosos e iguais a qualquer um de nós. 
Lancem logo este CD meninos. Estamos todos ansiosos!

Artigos Relacionados

6 comentários:

Pierre Cruz disse...

DG é uma das melhores bandas que eu já ouvi. Não acho uma explosão de novidade, mas me agrada e eu acho original! Pena que os trabalhos deles demorem tanto para sair. Esse CD deles eu estou esperando desde 1946.
Gostei do post!

7 de julho de 2010 16:13
Maria Clara disse...

;)

12 de julho de 2010 10:41
Quem faz as postagens: disse...

fofura vc e eles!
bjoka

12 de julho de 2010 18:27
@sickshock disse...

muito bom o post (:

13 de julho de 2010 17:22
Moabe disse...

Oi geison. moabe aqui. Obrigado por tudo , por conversar pelos e-mails
abraços , adorei o post .

14 de julho de 2010 13:19
Milton disse...

Eu fui na apresentação deles no Glória. Fiquei realmente impressionado com a atenção que eles deram aos fãs! Adoro o Furey!!

20 de julho de 2010 09:57